Mateus 6:28 – E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;

Jesus não teve dúvida: entre a roupagem de Salomão e a beleza dos lírios do campo, o Mestre deu preferência à textura das frágeis flores: “Quanto ao vestido, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo…” (Mateus 6:28).

Já nascemos jogados em um mundo insaciável de consumismo. É impensável ir a dois casamentos consecutivos com o mesmo vestido. Fazer caminhada usando tênis de jogar vôlei é a maior vergonha. E haja dinheiro, para pagar por tudo isso, e casa para acumular toda a tralha, adquirida em vinte suaves prestações…

No sermão do Monte Jesus garantiu que nosso Pai providencia comida e vestimenta. E que ficar ansioso, por causa dessas coisas, é uma gloriosa perda de energia. O contexto do ensino do Mestre, porém, não está se referindo às necessidades dos cristãos que, de tanto ser bombardeados pelas publicidades marotas do mundo, chegaram à conclusão de que o bom crente é aquele só usa roupa de “grife”.

Entre a grife do guarda-roupa do rei Salomão e a beleza ecológica dos lírios do campo, Jesus não teve dúvida ao optar pela última. A decisão é nossa. Mas vale a pena dar uma olhada mais cuidadosa para os lírios do campo.

Pr. Olavo Feijó

Olhai Os Lírios Do Campo – Pr. Olavo Feijó
Classificado como:

Deixe uma resposta